quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Ferreira Gullar


"Mas o artista verdadeiro resiste ao oportunismo do momento,não desiste da audácia de tentar fundar o permanente e criar o maravilhoso."


[Ferreira Gullar- retirado do livro "sobre arte,sobre poesia(uma luz no chão)",editora José olympio]

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

"O declive é perigoso."!

Uma parte do livro de Machado de Assis( Memórias Póstumas de Brás Cubas) me chamou atenção. Esses é um dos pontos em que se pode perceber claramente a capacidade do autor de falar diretamente com o leitor.

"Estou com vontade de suprimir esse capítulo.O declive é perigoso.Mas enfim eu escrevo as minhas memórias e não as tuas,leitor pacato."

Achei graça dessa frase e fiquei me recordando dela o dia inteiro.Por esse motivo publiquei aqui.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Reviver

O melhor momento é quando pensamos no nosso melhor momento.Viver é bom.Mas relembrar,isso sim que é maravilhoso!

sábado, 12 de setembro de 2009

Acorda Lula!


Olá.Hoje volto à falar sobre o Presidente Lula.
Sempre tento encontrar justificativas para certas atitudes que ele vem tomando,porém não encontro respostas para tantas questões.Lula da Silva vem praticamente forçando em seus discursos,o apoio e o voto do povo para seus candidatos.Afirmando que dessa forma seus projetos teriam continuidade.Oque,por sua vez,não faz sentido.Não faz também sentido,o Presidente assinar um contrato bilionário com a França para comprar submarinos e etc.Coisa pelo qual não se faz,não é necessário para o nosso país.Acordos e contratos de uma quantia absurda e desnecessária que não é devidamente esclarecida.Tudo por interesse político.
É mais que revoltante,é triste saber que o presidente de um país de fome,terceiro mundo como o nosso,fortalece e privilegia,não sei com que intenção, um país que nada tem haver com agente.Um país indiferente aos nossos problemas.Com os devaneios do Lula fez crescer até os olhos dos EUA!
Somos Brasileiros e precisamos lutar juntos.E se o próprio governante principal dessas terras nos desampara,o que fazer?Eu e você precisamos de um país limpo,esclarecido e confiante.
Acabei de ler no blog entremeios uma campanha muito interessante "vencer a pobreza junto".Enquanto as pessoas lutam por uma uma sociedade justa acabando primeiramente com a fome,Luís Inácio embolsa rios e rios de dinheiro em algo que não tem explicação.A única explicação que eu enxergo é um Brasil necessitado de ajuda.Enxergo gente passando fome.Gente vivendo na miséria.Sinceramente...Acorda Lula!

Para encerrar visitem:
http://www.vencerapobrezajuntos.org.br/
http://entremeios-angela.blogspot.com/

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

O topo da sabedoria

No envolver das palavras,mostra-nos o que é a vida.
Quando leio um poema,um texto perfeito,ou até mesmo a letra de uma canção,permaneço à me perguntar.O que passou na mente desse artista no momento de sua escrita?Devia ele estar no topo da sabedoria.Ou porventura estava comum,normal como eu e você.Porém envolvido com absolutamente o que?Algo mexeu com os seus sentimentos para que ele escrevesse dessa linda forma.Para que ele tenha em sua mente versos simples mas comoventes.Para que esse artista tenha em suas mãos o verdadeiro ritmo,as notas exatas,a composição que todos queriam ouvir.E fica-nos outra pergunta:Como ninguém pensou nisso antes?
Valores únicos.Escrever,seja de que forma for,é inexplicável.Porque os escritores e compositores oferecem o que há de mais completo no mundo das palavras.E quando penso que já li o melhor texto do mundo...Aparece-me outro.Belo também.Porém na escrita jamais um texto ou uma composição tem substituto.Elas são permanentes.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Por onde...

Por onde vai qualquer vestígio da soberania humana.Por onde partiu essa demagogia de achar que podemos ser melhores do que os outros.Por onde foi-se os privilégios de uma sociedade harmonica.Por onde pisaram as maluquices de uma alma insana.Por onde vêem-se tanto glamour.Por onde comoveu aquilo que chamamos de temor.Por onde me fui.Por onde deixei essa minha desistência.Por onde encostei a vontade de acreditar.Por onde.Por onde essa vontade tornou-se minha.Por onde deixei de ser uma simples menina.Por onde me tornei o que sou.Por onde lutei por uma sociedade mais justa.Por onde sangrei por ela.Por onde parei.Por onde comecei.Por onde andei.Por onde me afastei.Por onde ficarei.Por onde estarei quando o dia for embora.Por onde dormirei quando a noite zombar de minha cara.